Vídeo que valem a pena

Loading...

01 fevereiro, 2016

Endemias emergentes:

São Paulo – O Brasil vive uma epidemia de dengue com mais de 745 mil casos só neste ano. Mas esta não é a única doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti que tem trazido dor de cabeça às autoridades brasileiras.
Nos últimos meses, o país passou registrar casos de duas “primas” da dengue. Elas atendem pelos nomes exóticos de chikungunya e zika, são transmitidas pelo mesmo mosquito e têm alguns sintomas semelhantes.
Mas não se engane: as doenças são diferentes. Veja a seguir quais são os sintomas de cada uma delas.

Dengue 

Doença: Dentre as três, é a mais conhecida e presente no Brasil. O país vive hoje uma epidemia da doença com 367,8 casos para cada 100 mil habitantes registrados até o dia 18 de abril.
Transmissão: O vírus da dengue é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti
Sintomas: Febre alta (geralmente dura de 2 a 7 dias), dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Nos casos graves, o doente também pode ter sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal, vômitos persistentes, sonolência, irritabilidade, hipotensão e tontura. Em casos extremos, a dengue pode matar - até 18 de abril foram registrados 229 óbitos.
Tratamento: A pessoa com sintomas da dengue deve procurar atendimento médico. As recomendações são ficar de repouso e ingerir bastante líquido. Não existem remédios contra a dengue. Caso apareçam os sintomas da versão mais grave da doença, é importante procurar um médico novamente.

Chikungunya

Doença:  Até 18 de abril deste ano, foram registrados 1.688 casos de chikungunya. Os primeiros casos “nativos” da doença no Brasil apareceram em setembro do ano passado em Oiapoque, no Amapá. Antes disso, já haviam sido detectados casos de pessoas que contraíram a virose fora do país. A origem do nome chikungunya é africana e significa “aqueles que se dobram”. É uma referência à postura dos doentes, que andam curvados por sentirem dores fortes nas articulações.
Transmissão: É transmitida pelos mosquitos aedes aegypti (presente em áreas urbanas) e aedes albopictus (presente em áreas rurais).
Sintomas: O principal sintoma é a dor nas articulações de pés e mãos, que é mais intensa do que nos quadros de dengue. Além disso, também são sintomas febre repentina acima de 39 graus, dor de cabeça, dor nos músculos e manchas vermelhas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas. Segundo o Ministério da Saúde, as mortes são raras.
Tratamento: Como no caso da dengue, não há tratamento específico. É preciso ficar de repouso e consumir bastante líquido. Não é recomendado usar o ácido acetil salicílico (AAS) devido ao risco de hemorragia.

Zika 

Doença: A doença pode ter sido detectada na Bahia, mas ainda não está confirmada. A suspeita é de que ela tenha sido trazida para o Brasil durante a Copa do Mundo.
Transmissão: Mais uma vez, o aedes aegypti é o vilão da história. Mas o vírus também é transmitido pelo aedes albopictus e outros tipos de aedes.
Sintomas: O vírus não é tão forte quanto o da dengue ou da chikungunya e os pacientes apresentam um quadro alérgico. Os sintomas, porém, são parecidos com os das doenças “primas”: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo zika também pode apresentar diarreia e sinais de conjuntivite.
Tratamento: Assim como nas outras viroses, o tratamento consiste em repouso, ingestão de líquidos e remédios que aliviem os sintomas e que não contenham AAS. 

30 dezembro, 2015

Torcedores cariocas no vácuo:

 O fim de ano para os clubes cariocas é um ótimo período para reflexão. Ver onde erraram - e erraram muito; planejar melhor, comprar melhor, vender melhor.
 Infelizmente, parece que os dirigentes da cidade maravilhosa ainda não aprenderam. Até agora, o único que parece estar fazendo a lição correta, é o Fluminense. Está renovando acertadamente seu time, mesclando jogadores 'cascudos' com possíveis jóias. É o caso de Fred, Cavalieri e o zagueiro Henrique (que parece estar com os dois pés nas Larangeiras), alternando com Scarpa, o lateral Pelé e o novo contratado Richarlison. Junte à eles, Jean, Marlon e Diego Souza. Pronto, o time tem tudo pra dar um bom caldo.
 Flamengo, à passos lentos, trouxe Juan (pra encerrar carreira) e Tenta Chiquinho (?). De bom, Rodinei e nada mais. Tenta um goleiro (não se sabe porque) e um outro volante - será o número 34.
Especulações à parte, nada de novo e nada que empolgue.
Botafogo mudou o time quase todo - acertadamente porque série A é outra coisa. só que está se esquecendo de montar outro time. É um mistério total.
E o Vasco, ao que parece, vai perder Nenê e seu goleiro. Se perder também Luan, não sobe mais!!!

10 dezembro, 2015

O fim está próximo - Ou já chegou

É companheiros, parece que chegamos ao fim do poço.
Fim ano macabro com direito a manobras políticas e verdadeiro 'acordão' entre partidos.
 O que se vê, é um verdadeiro festival de horrores onde o protagonista assustador, atende pelo nome de Eduardo Cunha. O parlamentar é a personificação do termo "incaível" pois, entra dia, sai dia e o matreiro continua se esquivando feito sabão molhado.
 Para conseguir essa incrível façanha, não faz questão nenhuma de aparentar ética hombridade ou compostura. É trato com todos os demônios da casa, em todas as escalas e esferas. 
E com isso, seus comparsas vão conseguindo manter o nefasto no poder. E o que é pior, pasmem, na presidência da casa. Assustador não é?
 Das duas uma: O Eduardo tem podres para jogar ao ventilador de muita gente; ou é realmente um santo e nem sabia da existência de sua conta na Suiça.
 Enquanto isso, aqui na cidade maravilhosa, o Governador do pé grande fica sem pagar de uma só vez, o salário do funcionalismo e o 13°. Não de todos, "apenas" das secretarias de Educação, saúde e segurança. Provavelmente por achar que essas três secretarias são de importância duvidosa.
Mas, pasmem novamente, o grande pé está disposto a assumir uma dívida com a light, que não é sua.
Resumindo irmãos: é o Armagedom!

29 outubro, 2015

Vitiligo

Vitiligo é uma doença cutânea que causa a perda gradativa da pigmentação da pele, geralmente com o surgimento de manchas em todo o corpo. É impossível prever a extensão da doença ou o quanto a pessoa perderá da cor da pele. Vitiligo pode afetar qualquer parte do corpo, até mesmo o cabelo, o interior da boca e os olhos.
Vitiligo pode afetar pessoas de todos os tipos de pele, mas costuma ser mais perceptível em pessoas com pele mais escura. A condição não é contagiosa e nem representa um risco para a vida de quem a possui, mas pode afetar seriamente a autoestima do paciente e pode ser uma espécie de gatilho para o surgimento de problemas psicológicos, como a depressão. Tratamento para vitiligo pode desacelerar a doença e até mesmo melhorar a aparência da pessoa. Apesar de existir cura, ela não depende exclusivamente do método terapêutico, mas sim da reação do organismo a esse método.
As causas de vitiligo ainda são desconhecidas. O que se sabe até agora é que a doença ocorre quando as células formadoras de melanina (melanócitos) morrem ou deixam de produzir melanina - o pigmento que dá garante a cor da pele, do cabelo e dos olhos. Os médicos ainda não sabem explicar por que os melanócitos param de cumprir sua função, mas acredita-se que vitiligo possa ser uma doença autoimune, em que o próprio sistema imunológico da pessoa ataca e destrói os melanócitos.

LUPUS

O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico, em que as células responsáveis pela defesa produzem anticorpos contra células do próprio organismo. Esse processo pode desencadear inflamações por todo o organismo, causando os mais variados sintomas. A evolução da doença costuma ser crônica, com períodos de melhora (remissão) e de piora (exacerbação)
 Como todas as doenças autoimunes, o lúpus não é contagioso. Sua causa ainda é pouco conhecida, mas sabe-se que fatores hormonais, ambientais (luz solar, infecções, alguns medicamentos), genéticos e imunológicos contribuem para o seu desenvolvimento. Porém, o peso de cada um desses fatores no aparecimento do problema varia de pessoa para pessoa.
O lúpus possui períodos de atividade e de remissão dos sintomas. A irradiação ultravioleta solar e, em menor intensidade, a das luzes brancas artificiais pode deflagrar a doença, causando fotossensibilidade e lesões cutâneas.

Consequências

Como a doença pode acometer diversos órgãos, principalmente se não for tratada corretamente, suas consequências são variadas, podendo desencadear diversos tipos de comprometimentos, como por exemplo: cutâneo (lesões de pele); articular (artrite intermitente); hematológico (anemia); cardíaco (pericardite e aterosclerose); pulmonar (inflamação da pleura e hipertensão); insuficiência renal (mal funcionamento dos rins); neuropsiquiátrico (desordens de humor, de movimento e de ansiedade, cefaleia, convulsões e psicose, dentre outros)

10 agosto, 2015

  Vários técnicos de bom desempenho no passado, estão desempregados no momento. Quer seja por falta de interesse de algum clube; quer seja pelos altos salários que pedem. Entre eles, podemos lembrar:
 Falcão, Leão, Abel, Muricy, Joel Santana, Renato Gaúcho, entre outros.
No momento em que alguns clubes de tradição no cenário nacional, como Flamengo, Vasco, Coritiba e Internacional passam por momentos da mais pura falta de criatividade e competência de seus técnicos, seria muito bom dar uma "revisitada" nestes nomes, quem saber alguns deles cairiam como uma luva. Né não??? 

Homem Formiga - Adoro cinema

Homem-Formiga é um dos personagens clássicos (embora menor) da Marvel, calcado no humor (ou, pelo menos, vendido como), com ligação direta com o universo dos Vingadores, cuja adaptação chega agora, em 2015, aos cinemas. Tem como dar errado? Não. Mas tampouco o filme surpreende. Vírgula. Chegamos (na verdade, Hollywood) a um nível tecnológico tão avançado – um aspecto essencial para dar conta de representar com veracidade o mundo reduzido do herói –, que as cenas de computação gráfica (e a ação decorrente) são um verdadeiro deleite. O roteiro, porém, é previsível e didático demais, mesmo em se tratando do início de uma possível franquia.  

Homem-Formiga - FotoO filme começa em 1989, quando Dr. Hank Pym (Michael Douglas), o inventor da fórmula/ traje que permite o encolhimento de seres vivos, rompe com os chefões da empresa onde trabalha. Os diálogos e as atuações da cena de abertura são tão canastrões, que resultam até interessantes. A pergunta que fica é: será que o que vem por aí vai seguir a linha nonsense (e bem-sucedida, comercialmente, inclusive) deGuardiões da Galáxia? Segundo a vinheta da Marvel, que chega na sequência ao som de uma rumba, a resposta seria sim. Mas é não.

11 maio, 2015

Os perigos do colesterol:



O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,dicas-para-deixar-de-fumar,880038O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,dicas-para-deixar-de-fumar,880038O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,dicas-para-deixar-de-fumar,880038O que é Colesterol?O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. O colesterol está presente em alimentos de origem animal (carne, leite integral, ovos etc.). Em nosso organismo, o colesterol desempenha funções essenciais, como produção de hormônio e vitamina D. No entanto, o excesso de colesterol no sangue é prejudicial e aumenta o risco de desenvolverdoenças cardiovasculares. Em nosso sangue, existem dois tipos de colesterol:
  • LDL colesterol: conhecido como "ruim", ele pode se depositar nas artérias e provocar o seu entupimento
  • HDL colesterol: conhecido como "bom", retira o excesso de colesterol para fora das artérias, impedindo o seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura.
TiposFatores de riscoSintomas de Colesterol

Podemos dizer que existem vários tipos de colesterol circulando no sangue. O total da soma de todos eles chama-se "Colesterol Total". Como visto, colesterol é uma espécie de "gordura do sangue" e, como gorduras não se misturam com líquidos, o colesterol é insolúvel no sangue. Por isso, o colesterol precisa da "carona" de certas proteínas para cumprir as suas funções.
A associação entre proteínas e colesterol dá origem às chamadas lipoproteínas. Essas, sim, são aptas a viajar por todo o organismo via corrente sanguínea. As lipoproteínas - ou apenas colesterol - assumem algumas formas, sendo divididas em "bom colesterol" (HDL - high density, ou alta densidade) e "mau colesterol" (LDL - low density ou baixa densidade).
Pesquisas provaram que o bom colesterol (HDL) retira o colesterol das células e facilita a sua eliminação do organismo. Por isso, é benéfico. Já o mau colesterol (LDL) faz o inverso: ajuda o colesterol a entrar nas células, fazendo com que o excesso seja acumulado nas artérias sob a forma de placas de gordura. Justamente por isso, traz diversos malefícios.

Muitos fatores podem contribuir para o aumento do colesterol, como tendências genéticas ou hereditárias, obesidade e atividade física reduzida. No entanto, um dos fatores mais comuns é a dieta
A dieta rica em colesterol inclui grandes quantidades de alimentos de origem animal: óleos, leite não desnatado e ovos. As gorduras, sobretudo as saturadas, contribuem para o problema do colesterol elevado.
A gordura saturada é um tipo de gordura que, quando ingerida, aumenta a quantidade de colesterol no organismo. Está presente, principalmente, em alimentos de origem animal. A carne vermelha, mesmo quando aparentemente "magra", possui moléculas de colesterol entre as suas fibras e deve ser evitada. As margarinas light ou diet devem ser as escolhidas em substituição à manteiga.
As gorduras insaturadas estão presentes, principalmente, em alimentos de origem vegetal. Elas são essenciais ao organismo, mas o corpo humano não tem condição de produzi-las. É por isso que é necessário consumi-las na alimentação. A substituição de gorduras saturadas por insaturadas na dieta pode auxiliar a reduzir o colesterol no sangue. Quando quiser preparar um pão mais saboroso, prefira margarina light ou diet à manteiga. 

O colesterol alto não apresenta sintomas, por isso, quem tem aterosclerose eobesidade, possui história de morte na família por infarto, é sedentário e/ou alimenta-se com ingestão exagerada de gorduras saturadas tem mais chances de ter colesterol alto. A aterosclerose não produz qualquer tipo de sintoma até que ocorra a obstrução de uma ou mais artérias.